O proceso da dieta

   A dieta de vegetais é um processo muito intenso, curador, delicado e enriquecedor, a nível físico, mental, emocional e espiritual. É possível obter não somente a cura e fortaleza, mas também o conhecimento e a sabedoria.

      Durante uma dieta de vegetais, toma-se uma medicina, que pode ser uma árvore ou uma planta, enquanto o corpo é desintoxicado. Para este fim, suprimimos o consumo de sal, açúcares, temperos, gorduras, carnes vermelhas e de porco, também as frutas, verduras, bebidas e substâncias modificadoras da consciência. Somente consumiremos arroz, quinua, mandioca, batata, bananas verdes, peixes herbívoros, ovos e galinhas criadas na chacra.  Nem utilizaremos durante este período cosmético, dentifrícios, sabonetes ou xampu. Toda a limpeza se realiza com banhos de diferentes plantas medicinais e a roupa lava-se com água. Conjuntamente mantêm-se abstinência sexual. Este período se conhece como dieta de sal, e os dietantes ficam em condições de isolamento, já que à medida que avança sua deita, o corpo torna-se cada vez mais receptivo e vulnerável a as energias externas, e a concentração e a tranquilidade são fundamentais para que o dietante possa centrar sua energia e atenção no processo de cura e aprendizado, ainda mais nas horas prévias e posteriores ao sono. É na atividade onírica o momento mais importante onde se logra a conexão com a espiritualidade das plantas e árvores medicinais que se está consumindo.  

¿O que é a dieta de medicinas vegetais? 

      É por isso que “Ojo de Luna” se encontra em um lugar afastado de centros povoados, é cercado por abundante vegetação, na beira da Lagoa Santa María. Dado ao delicado processo é preciso que este seja guiado por pessoas que possuam conhecimento e sabedoria (o curandeiro ou um de seus aprendizes). Alias, é requisito que quem faz dietar, cuida, guia e prepara as medicinas e alimentos do dietante, também esteja dietando. Desta forma, estará em contato com uma pessoa, alimentos e medicinas que não representem riscos para a saúde dado o delicado estado de limpeza e purificação.

      O processo total tem duração de trinta e dois dias. A primeira parte inclui tomar a medicina vegetal e a dieta do sal. Concluído este período, a pessoa pode voltar a comer frutas e verduras, se abstendo de bebidas, gorduras, carnes vermelhas e de porco, produtos industriais (conservas e doces), relações sexuais e substâncias que modifiquem a consciência até cumprir os trinta e dois dias.  

O PROCESSO

     É por este motivo que Ojo de Luna, está aberto tanto para pessoas que procuram curar, como para pessoas aprendizes de medicina vegetal e investigadores de diferentes disciplinas (antropólogos, psicólogos, médicos, enfermeiras, entre outros) com interesse em aprender a “ciência oculta da natureza”. Este conhecimento é de grande utilidade tanto para pacientes, investigadores e aprendizes, como também para qualquer pessoa que deseje entrar em contato com dimensões transcendentais da existência. O resultado é tão visível que trás o processo, a vida toma uma nova perspectiva, outorgando serenidade, amor, concentração, vontade e controle. Isto se traduz em um bem estar nas nossas relações: familiares, amizades, clientes e colegas de trabalho. 

¿Quem pode participar?

     Se o processo de dieta é desenvolvido em ótimas condições de cuidado, desintoxicação, concentração e guia espiritual, o dietante pode recuperar sua saúde de doenças graves como diabetes ou câncer, ganhar controle e força de vontade sobre seus processos psicológicos e emocionais como depressões, vício com drogas, impulsividade, transtornos alimentares, de pânico, entre outros, e experimentar um profundo crescimento espiritual. Por outro lado, a medicina que foi dietada, seu espírito, ficará para sempre em seu corpo como uma proteção física e espiritual. 

BENEFÍCIOS

     Este fenômeno é conhecido por “cruzar a dieta”. Acontece quando se recebe alimentos ou energias que contaminam seu corpo (relacionar-se com pessoas que não estão dietando, estejam elas em estado de embriaguez, gritando, brigando ou perturbando a tranquilidade e concentração), e também quando se interrompe a abstinência sexual durante a dieta.

    Caso acontecer isto a medicina pode-se “cutipar”. Na selva entende-se por “cutipado”, toda forma de reação adversa que aparecem no corpo no momento que interrompe abruptamente o processo de desintoxicação durante o período de 32 dias. As reações podem ser manifestadas como enjoos, dores de cabeça, decaimento do ânimo, cansaço, vômitos, cólicos intestinais ou reações alérgicas, até quadros severos de saúde, até mesmo irreversíveis.   

      Isto dependerá do tempo que leva dietando, a gravidade da doença a tratar e o tipo de medicina que se consome. Qualquer seja o caso, será necessária a cercania e cura por parte do curandeiro protetor para “endireitar a dieta”, re – estabelecendo assim a saúde do dientante.

¿O que acontece quando não respeitamos a dieta?

rEQUISITOS

     Cada visitante de “Ojo de Luna” que decida fazer uma dieta de medicina vegetal deve comunicar os motivos desta. Caso procura curar alguma doença, trabalhar alguma inquietude espiritual, ou aprender medicina e sabedoria dos vegetais, e receberá conselhos da medicina (ver listado com algumas das medicinas que temos no centro) e da extensão de tempo que devera dietar. É importante destacar que a dieta é um processo de responsabilidades mútuas; o curandeiro preparará especialmente a cada paciente sua medicina e lhe indicará sua posologia; proporcionará-lhe os alimentos y lhe indicará as precauções que são necessárias ter para não cruzar sua dieta. Também o guiara e protegerá espiritualmente durante seu tratamento.   

      O centro “Ojo de Luna” lhe garante ao dietante a tranquilidade, proteção e guia, as medicinas e a alimentação especial que este requer, e o dietante deve assumir a responsabilidade de seguir a dieta, não usar produtos cosméticos e manter a abstinência sexual.